Fevereiro 10, 2024

Bárbara Tinoco e Carolina Deslandes apresentam musical “A Madrugada que eu esperava”

ARTIGO POR:

PARTILHAR

O musical que junta Bárbara Tinoco e Carolina Deslandes em palco e na autoria da música, estará em cena de 14 de Fevereiro a 28 de Abril no Teatro Maria Matos e nos dias 30 e 31 de Maio no Coliseu do Porto AGEAS.

“A Madrugada que eu esperava”, um musical envolvente, traz à ribalta uma história clássica e universal de amor, onde os protagonistas confrontam o conflito entre emoções e convicções. Com Bárbara Tinoco, Carolina Deslandes (também autoras da música) e Diogo Branco nos papéis principais, o elenco inclui Brienne Keller, Dinarte Branco, JP Costa, João Maria Pinto, Jorge Mourato, José Lobo, Maria Henrique (também diretora de atores), Mariana Lencastre e uma banda ao vivo. Com texto original de Hugo Gonçalves, a encenação é da responsabilidade de Ricardo da Rocha. Destaque para a dualidade de Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco, que se alternam nos papéis de Olívia e Clara, proporcionando uma experiência única em cada apresentação do espetáculo.

«O teatro musical junta duas das coisas que mais gostamos na vida: canções e histórias. É a componente visual a acompanhar o imaginário da canção ao segundo. Por isso, sempre tivemos esta vontade de construir alguma coisa que nos desse a liberdade de cantar sobre personagens, que nos permitisse apresentar esse universo em cima do palco», nas palavras de Carolina Deslandes. Já Bárbara Tinoco afirmar que: «Daqui até à ideia de criar um musical foi só um passo, especialmente numa altura em que a Carolina começou a demonstrar interesse em explorar a representação e o meu sonho antigo de compor uma banda sonora começou também a ganhar mais espaço.»

A narrativa de “A Madrugada que eu esperava” desenrola-se em torno de Olívia (Deslandes/Tinoco) e Francisco (Diogo Branco), que se apaixonam enquanto participam num grupo de teatro amador encenando uma versão musical de Romeu e Julieta. Olívia, uma ativista política, opõe-se à ditadura, enquanto Francisco, aspirante a ator de comédia, esconde sua paixão artística de um pai desaprovador. Perseguida pela PIDE devido à venda de livros proibidos, Olívia refugia-se em Paris, desconhecendo que Francisco foi enviado para a guerra em África. Enquanto Olívia canta num bar em Paris, Francisco luta pela sobrevivência em África. Os dois personagens se reencontram anos depois, no dia da Revolução de 25 de Abril.

Os bilhetes já estão à venda, aqui.

BILHETES

Teatro Maria Matos
14 de Fevereiro a 28 de Abril
Quarta a Sábado às 21h00 | Domingos às 17h00
Bilhetes 20€ – 25€
M12

Coliseu do Porto AGEAS
30 e 31 de Maio às 21h
Bilhetes 15€ – 35€
M12